RINITE ALÉRGICA: COMO CUIDAR E TRATAR

Tempo de leitura: 4 minutos  
 

O que é rinite alérgica?

A rinite alérgica geralmente é um quadro crônico e recorrente com coriza constante e cursando com complicações ocasionais.

As alergias ocorrem quando o sistema imunológico reage a uma substância estranha (como pólen, veneno de abelha ou pelos de animais) ou a um alimento que não causa reação na maioria das pessoas.

O sistema imunológico produz substâncias conhecidas como anticorpos.

Quando ocorre um processo alérgico, o sistema imunológico produz anticorpos que identificam um alérgeno específico como prejudicial, mesmo que não seja.

O contato com o alérgeno leva a reação do sistema imunológico e pode inflamar a pele, vias aéreas (nariz ou pulmão) ou sistema digestivo.

Rinite 6

A gravidade das alergias varia de pessoa para pessoa e pode variar de pequena irritação a anafilaxia – uma emergência potencialmente fatal.

Embora a maioria das alergias não possa ser curada, os tratamentos podem ajudar a aliviar os sintomas.

Sintomas

Os sintomas de alergia, que dependem da substância envolvida, podem afetar as vias aéreas, seios nasais, pele e sistema digestivo.

As reações alérgicas podem variar de leve a grave. Em alguns casos graves, as alergias podem desencadear uma reação com risco de vida conhecida como anafilaxia.

A rinite alérgica, pode causar:

  • Espirros
  • Coceira no nariz, olhos ou céu da boca
  • Coriza, nariz entupido
  • Olhos lacrimejantes, vermelhos ou inchados (conjuntivite)1

Uma alergia alimentar pode causar:

  • Formigamento na boca
  • Inchaço dos lábios, língua, rosto ou garganta
  • Urticária
  • Anafilaxia

Uma alergia à picada de inseto pode causar:

publicidade

  • Uma grande área de inchaço (edema) no local da picada
  • Coceira ou urticária em todo o corpo
  • Tosse, aperto no peito, chiado ou falta de ar
  • Anafilaxia

Uma alergia a medicamentos pode causar:

  • Urticária
  • Comichão na pele
  • Erupção cutânea
  • Edema facial
  • Sibilos
  • Anafilaxia

dermatite atópica, uma condição alérgica da pele também chamada eczema, pode fazer com que a pele:

  • Coceira
  • Avermelhar
  • Floco ou casca
  • Anafilaxia

Alguns tipos de alergias, incluindo alergias a alimentos e picadas de insetos, podem desencadear uma reação grave conhecida como anafilaxia.

Uma emergência médica com risco de vida, a anafilaxia pode causar um choque. Sinais e sintomas de anafilaxia incluem:

Rinite7

  • Perda de consciência
  • Uma queda na pressão sanguínea
  • Falta de ar grave
  • Erupção cutânea
  • Tontura
  • Um pulso rápido e fraco
  • Náuseas  e vômito

A avaliação, o diagnóstico e o manejo a longo prazo da anafilaxia são complicados; portanto, nos casos mais graves é essencial consultar um médico especializado em alergias e imunologia.

Causas

Uma alergia começa quando seu sistema imunológico confunde uma substância normalmente inofensiva com um invasor perigoso.

O sistema imunológico produz anticorpos que permanecem em alerta para esse alérgeno específico.

Quando o organismo é exposto ao alérgeno novamente, esses anticorpos podem liberar vários produtos químicos do sistema imunológico, como a histamina, que causam sintomas de alergia.

Os gatilhos comuns da alergia incluem:

publicidade

  • Alérgenos no ar, como pólen, pelos de animais, ácaros e mofo
  • Certos alimentos, principalmente amendoim, nozes, trigo, soja, peixe, marisco, ovos e leite
  • Picadas de insetos, como de uma abelha ou vespa
  • Medicamentos, particularmente penicilina ou antibióticos à base de penicilina
  • Látex ou outras substâncias que você toca, que podem causar reações alérgicas na pele

Fatores de risco

É mais provável que você desenvolva uma alergia se:

Tem histórico familiar de asma ou alergias, rinite, urticária ou eczema

ComplicaçõesRinite 15

Ter uma alergia aumenta o risco de outros problemas, incluindo:

  • Anafilaxia. Se você tem alergias graves, corre um risco maior de ter essa reação séria induzida por alergia. Alimentos, medicamentos e picadas de insetos são os gatilhos mais comuns da anafilaxia.
  • Asma. Se você tem falta de ar, é mais provável que tenha asma – uma reação do sistema imunológico que afeta as vias aéreas e a respiração. Em muitos casos, a asma é desencadeada pela exposição a um alérgeno no ambiente (asma induzida por alergia).
  • Sinusite e infecções dos ouvidos ou pulmões. Seu risco de contrair essas condições é maior se você tiver rinite ou asma.

Prevenção

Prevenir é sempre a melhor opção fazendo o controle do ambiental: casas limpas arejadas sem tapetes e cortinas.

Evitar brinquedos de pelúcia, animais de estimação peludos dentro de casa, contato com odores de perfume ou fumantes.

Forrar com capa antialérgica o colchão e travesseiro  também ajudam.

Evite gatilhos conhecidos.

Diagnóstico

Quadro de coriza constante com crises de tosse e espirros ao acordar são muito comuns.

Deve procurar tratamento nas crises e assim evitar as suas complicações.

O médico também pode recomendar testes alérgicos e talvez iniciar tratamento com imunoterapia (expor o organismo a antígenos regularmente até o corpo acostumar).

No entanto, esteja ciente de que esses testes de alergia podem ser falsamente positivos ou falsamente negativos.

Rinite 4

Tratamento

Os tratamentos de alergia incluem:

Prevenção de alérgenos

O seu médico o ajudará a tomar medidas para identificar e evitar os gatilhos da alergia. Este é geralmente o passo mais importante na prevenção de reações alérgicas e na redução de sintomas.

Medicamentos

Dependendo da alergia, os medicamentos podem ajudar a reduzir a reação do sistema imunológico e aliviar os sintomas.

O  médico pode utilizar no tratamento da rinite medicamentos  na forma de comprimidos ou líquidos, spray nasal ou imunoterapia.

São prescritos com frequência soro nasal, soluções nasais com anti alérgicos ou corticoide.

O aplicador nasal deve estar na posição vertical para utilizar corretamente.

Medicações orais podem ser associadas como outros anti alérgicos, corticoides ou antibióticos em caso de complicações.

Referências

Doctissimo Santé

Mayo Clinic

NHS England

publicidade