10 ACIDENTES DOMÉSTICOS MAIS COMUNS EM CRIANÇAS

<span><strong>Tempo de leitura:</strong></span> 4 minutos 


10 ACIDENTES COMUNS NO LAR E COMO TRATÁ-LOS

Não importa o esforço feito para tornar o ambiente doméstico o mais seguro possível, acidentes em casa ainda podem acontecer mesmo nos domicílios mais conscientes.

Quando se trata da saúde familiar, especialmente para quem tem crianças pequenas, é importante saber exatamente o que fazer se esses cenários comuns ocorrem.

As famílias devem redobrar a sua atenção para ter segurança em casa.

publicidade



Aqui estão 10 dos acidentes mais comuns que podem acontecer em casa e como lidar com eles:

1) Queda de objetos

Quando as crianças começam a se movimentar sozinhas, há um perigo maior de elas puxarem os objetos para cima de si mesmas.

Garanta que os cabos elétricos, as bordas da toalha de mesa e os panos de prato estejam fora de alcance para evitar acidentes.

2) Viagens e Quedas

Uma queda pode afetar pessoas de todas as idades, mas elas são mais comuns entre os muito jovens e os muito idosos.

Muitas vezes, quando a criança cai, como a distância ao chão é pequena, o tombo fere “apenas o orgulho” e algumas palavras suaves são o suficiente.

No entanto, se a criança, imediatamente, horas ou até 2 dias após a queda ficar sonolenta, vomitar ou perder a consciência, é importante consultar um médico.

3) Contusões

Mesmo uma queda que não é grave pode levar a contusões desagradáveis que podem ser bastante dolorosas.

Aplicar uma compressa fria na área afetada pode reduzir o inchaço.

Às vezes, hematomas graves podem esconder problemas mais sérios, como ossos quebrados.

publicidade



Logo, se houver uma grande quantidade de dor contínua ou se o movimento de um membro ficar muito restrito ou impossível, deve-se procurar atendimento médico o mais rápido possível. Se possível imobilize o membro afetado para o transporte.

4) Torção

Um torção ou entorse ocorre quando um ligamento, que conecta partes de uma articulação, é esticado, torcido ou rasgado.

Joelhos, tornozelos e punhos são as partes mais comuns do corpo que podem ser afetadas.

Se isso ocorrer, aplique uma bolsa de gelo, descanse a área afetada e dê tempo para cicatrizar.

5) Cortes

Um corte na pele pode, às vezes, apresentar um sangramento significativo.

Aplique pressão para parar o sangramento e aplique um antisséptico na área.

Avaliar a situação é importante: se o sangramento parar logo e não parecer profundo, é provável que seja um corte menor que não necessite de pontos.

6) Queimaduras

Os líquidos quentes causam a maioria das queimaduras.

publicidade



Lesões em crianças com menos de cinco anos são muito comuns.

É importante que a criança mantenha uma distância segura de fogueiras, fogões, chapinhas de cabelo e fósforos.

Qualquer queimadura deve ser colocada sob água corrente fria por dez minutos e depois avaliada para ver se é necessário atendimento médico de urgência.Caso apareçam bolhas é sinal que não temos apenas queimaduras de primeiro grau.É necessária uma avaliação médica. Podem ocorrer também queimaduras elétricas ou por produtos químicos.

7) Asfixia

As crianças muitas vezes têm um fascínio por colocar objetos na boca e engolir, o que significa que asfixia é um risco comum.

Observe a casa para que não tenha objetos pequenos ao alcance das crianças ,especialmente as abaixo de 3 anos.

Em caso de asfixia desalojar o objeto com a manobra de Heimlich,se não conseguir,levar a pessoa para emergência imediatamente.Sempre confira a desobstrução das narinas e da boca.Para fazer a manobra em um bebê, apoie seu corpo no antebraço com uma leve inclinação para baixo.

Com a outra mão totalmente aberta dê tapas no dorso deslizando para a cabeça.

Em adultos,ou crianças maiores, abrace a pessoa pelas costas e com as duas mãos (uma em cima da outra) faça pressão sobre o diafragma.

Essa pressão provoca uma tosse artificial que expulsa o objeto.

8) Envenenamento

 

A maioria dos acidentes de envenenamento ocorrem com medicamentos, produtos domésticos de limpeza e cosméticos da casa.

É importante manter tudo que possa ser tóxico fora do alcance das crianças.Em caso de ingesta de produtos químicos não provocar o vômito.

O produto pode fazer uma queimadura no esôfago durante a ingesta e outra pelo vomito. Procure imediatamente uma emergência.

Não esqueça de levar o frasco do produto ingerido, se for um produto líquido, tente saber se o frasco estava cheio. Se a apresentação for em cartela, tente calcular quantos comprimidos foram ingeridos.

9) Cortes com vidros

O vidro partido pode causar cortes graves. O uso de peças de vidro como enfeites devem ser evitados.

Um simples copo esquecido pode causar uma lesão.Todo os objetos de vidro devem estar fora do alcance das crianças.

Certifique-se de que as portas, mesas e estantes estejam em conformidade com os padrões de segurança.

10) Afogamento

As crianças pequenas podem se afogar em águas muito rasas, por isso, devem estar sempre supervisionadas.

Redobrar a atenção em praias e piscinas, mas lembrar que em jardins ornamentais, em baldes ,e até em um simples banho existe o risco de afogamento.

Se houver uma parada cardio respiratória, o procedimento é o mesmo de qualquer emergência ,massagem cardíaca com ventilação. Ligar imediatamente para um resgate.

Referências

Doctissimo Santé

Mayo Clinic

NHS England

Curta e Compartilhe!
(Visited 534 times, 3 visits today)

publicidade


Curta e Compartilhe!